Novo módulo planejamento de obra da OrçaFascio

Orçamento de Obras
cta blogPowered by Rock Convert

Investimentos em Gestão e Controle dos Processos de Execução de Obras sempre foi uma atitude decisiva para a redução de perdas e aumento da assertividade ao checar a disponibilidade de Recursos, Prazos e Verbas para a realização de um dado Empreendimento.

            Neste cenário, o planejamento da obra apresenta-se como um dos principais aspectos do processo de Gerenciamento, que envolve também o orçamento da obra, suprimentos, contratos, medições, e etc.

            Dentro da Técnica de Gestão do Planejamento de Obras, um dos princípios que baliza o trabalho do Planejador é o da Melhoria Contínua. Neste princípio entra o Ciclo PDCA ciclo que demostra que o trabalho de planejar e controlar é uma constante ao longo do empreendimento.

“Não se pode pensar em planejamento inicial que não seja atualizado com o passar das semanas”

                                               Aldo Dórea Mattos

     MÓDULO DE PLANEJAMENTO ORÇAFASCIO

            O Módulo de Planejamento do OrçaFascio visa permitir aos Planejadores das Construtoras, Incorporadoras, Órgãos Públicos e até mesmo às pequenas Empreiteiras, a Elaboração de um Planejamento da Obra com Fidelidade às premissas de Índices, Produtividades e Recursos empregados no Orçamento, com Definição Dinâmica das Durações das Atividades, podendo ainda Definir a Relação de Precedência de cada Atividade (sequência lógica de execução das atividades da obra), para assim ter gerados os Relatórios, Gráficos e Diagramas de Gantt, PERT/CPM (Diagramas de Rede e Caminho Crítico), Histograma de Recursos, Curva S e etc.

            Seguindo o Ciclo PDCA, o Sistema permite também que a equipe de Planejamento possa realizar o Controle, relatando e acompanhando a Execução das Atividades, Programação de Serviços, Aceleração, Linha de Balanço e etc.

            Segundo o que teoriza o Eng. Aldo Mattos, um dos principais Especialistas em Orçamentação e Planejamento de Obras, em seu Livro “Planejamento e Controle de Obras”:

            “O planejamento de uma obra segue passos bem definidos. É quase uma receita de bolo. Em cada passo, coletam-se elementos dos passos anteriores e a eles se agrega algo. O trabalho de elaboração progressiva é bastante lógico. Para fazer a reforma de um casarão ou construir uma usina hidrelétrica, obras que têm feições distintas quanto ao tipo de construção, prazos, quantidade de recursos e complexidade, é obedecido o mesmo roteiro.” 

            Deste modo, o Módulo de Planejamento do OrçaFascio está estruturada nas seguintes premissas das boas práticas de um Planejamento de Obras:

  • Identificação das Atividades Ocorrendo por meio da Montagem da EAP de modo dinâmico e assertivo, oriunda do Orçamento da Obra, e permitindo-se ainda a decomposição do Escopo em pacotes de trabalhos menores;
  • Integração – Com 100% de integração com o Orçamento, pode-se atribuir as durações de cada atividade em virtude dos Recursos Alocados e assim chegar no prazo total da obra;
  • Definição das Precedências – Após serem definidas as durações de cada atividade, pode-se então estabelecer a sequência lógica das atividades com suas relações de dependências;
  • Montagem do Diagrama de Rede – Por meio de um quadro de sequenciação e durações bem definido, passa-se então à visualização da Rede de Atividades amarradas entre si, em fluxo;
  • Identificação do Caminho Crítico – De posse da Rede, são realizados os cálculos para aferir a duração total da obra, por meio da verificação do tempo mais longo e das Atividades Críticas;
  • Geração do Cronograma e Cálculo das Folgas – Gerado de modo automático após todos os passos anteriores serem seguidos, demostra de modo claro e objetivo, a posição de cada atividade ao longo do tempo da obra, permitindo então, a visualização e cálculo das Folgas.

                        A seguir apresentamos por dentro algumas, das funcionalidades deste Módulo:

Powered by Rock Convert

CRIAÇÃO DO PLANEJAMENTO E MONTAGEM DA EAP

            Após o Cadastro da Obra no Sistema, é possível realizar a Criação de um Planejamento para esta, definindo as configurações básicas a serem consideradas ao longo do Planejamento.

Podendo ser definido quais dos Insumos devem ser considerados como Recursos (De Trabalho, Materiais, ou Custo).

Após criado o Planejamento, tem-se de modo automático a EAP base da Obra, podendo esta ser editada ou ainda decomposta em pacotes menores de trabalho.

  • DEFINIÇÃO DAS DURAÇÕES E RECURSOS

             Sendo uma das principais etapas do Planejamento de Obras, o Sistema permite por meio da Alocação de Recursos, realizar de modo automático os Cálculos para definição das Durações, ou ainda a Definição dos Recursos em virtude da Duração Determinada.

  • DEFINIÇÃO DAS PRECEDÊNCIAS

            Após definidas as Durações de cada Atividade, passa-se então a definir os Predecessores com as ligações de Término para Início (TI), Início para Início (II), Término para Término (TT), Início para Término (IT), montando-se as relações de interdependências.

  • DIAGRAMA DE REDE E CAMINHO CRÍTICO

            Seguindo os preceitos de PERT/CPM temos a geração automática do Diagrama de Rede com a identificação do Caminho Crítico para orientar o Planejador.

  • CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO

Possibilita a Geração de Cronogramas de Execução com layout Analítico e em modo Gráfico para nortear a Execução e posterior Gerenciamento da Obra como um todo, ou ainda em apenas algumas de suas fases, mediante a Análise e Alocão dos Recursos atribuídos à cada Serviço / Atividade, ainda na fase de Orçamentação da Obra.

Com base no Cronograma de Execução, o Planejador pode verificar durante o Andamento da Obra a indicação das quantidades e percentuais executados, ou seja, a quantidade de atividades efetivamente realizadas, afim de possíveis Replanejamentos de Durações, Equipes, e Frentes de Trabalho. A informação do Executado pode ser recebida de Modo Automático na tela do Planejamento, com o preenchimento das Medições da Obra pela equipe de Acompanhamento e Fiscalização, mediante o uso do Módulo de Medições da OrçaFascio que possui integração com o Módulo de Planejamento.

  • RECURSOS ALOCADOS     

            Por meio de Relatórios e Gráficos, pode-se acompanhar os Recursos Alocados para cada Atividade da Obra, e então passar à Análises de Nivelamento de Recursos, Programação de Serviços, Análises de Valor Agregado e etc. Como à exemplo dos apresentados abaixo

Deixamos aqui demonstrado um pouco do que este Módulo reserva para a Gestão de Planejamento da sua Obra, para mais informações e demonstrações, entre em contato com nossa equipe. Clicando aqui


O plugin do OrçaBIM já está disponível para compra somente no site www.orcafascio.com para todos os mais de 60 Mil clientes que já usam o sistema de orçamento de obras Orçafascio.

OrçaBIM compre agora.

Baixe e instale o agora o plugin para obter também as vantagens que só o OrçaBIM pode oferecer e ganhe mais tempo para focar em novas conquistas profissionais.

Compartilhar

Posts relacionados

Posts em destaque

Menu