7 sinais que indicam que você e sua empresa precisam facilitar o processo de orçamentação a partir do projeto.

orçabimOrçafascioOrçamento de Obras
Orçafascio soluções em orçamento de obra
cta blogPowered by Rock Convert

Quando algum médico vai diagnosticar um paciente, o primeiro passo que ele dá é o de analisar os sinais que possam indicar patologias ou demais desordens recorrentes à saúde do indivíduo. No campo da engenharia e da construção civil, há atitude semelhante, especialmente quando se verifica que os resultados apresentados estão abaixo do esperado. O orçamento é fundamental neste aspecto assim como processo de orçamentação a partir dos projetos.

Dessa maneira, é importante que você e a sua empresa reconheçam os sinais que indicam a necessidade de facilitar o processo de orçamentação do projeto. Para auxiliá-lo, preparamos este artigo com os 7 principais sinais que indicam esta necessidade. Continue lendo e saiba tudo sobre o tema!

1 Projetos superfaturados

Há um antigo ditado que diz que é melhor sobrar do que faltar. Contudo, para uma obra, este ditado não é verdadeiro. Isso acontece pelo fato das sobras indicaram prejuízos para a empresa e para a construção, uma vez que levam ao desperdício. Materiais que sobram em uma obra dificilmente podem ser usados em outra obra com a mesma qualidade.

Dessa maneira, é importante que seja feito um orçamento coerente, sem uma margem de erro muito acima do ideal. Quanto mais amarrado for o orçamento, menor será a possibilidade de sobrar materiais na obra e, com isso, de que sejam estragados insumos e tempo de mão de obra.

2 Projetos subfaturados

Se por um lado os projetos superfaturados são um problema, os subfaturados também o são. Os projetos e obras subfaturadas são aquelas cujo orçamento indicado é inferior ao que é realmente necessário para a conclusão da obra de forma a manter a qualidade e concepção projetual da mesma.

Entre os principais problemas que um orçamento subfaturado leva a uma empresa e construção é a necessidade de utilizar materiais de menor qualidade durante o decorrer da obra, com o intuito de se atingir o orçamento previsto anteriormente. Com isso, é posto em xeque a qualidade da obra e, em alguns casos, até a segurança. Tudo isso culmina na perda de confiabilidade na construtora.

3 Uso inadequado de equipamentos e materiais

Imagine uma receita de bolo, em que as indicações de materiais e processos a serem utilizados estão descritos de forma muito bem explicada e objetiva. Contudo, devido a um erro durante as compras dos supermercados, você decide ora colocar menos açúcar, ora colocar mais ovos. É evidente que o bolo não sairá igual a receita.

O mesmo ocorrerá caso você faça o uso inadequado dos equipamentos da cozinha, como substituir o uso do forno pelo micro-ondas, etc. Dessa maneira, durante a execução de uma obra para construção civil, podemos visualizar situação parecida, especialmente quando o orçamento não é feito de acordo com as exigências do projeto de engenharia e arquitetura.

4 Imprevistos constantes

Se o orçamento não for feito de forma bem amarrada, durante a obra, você terá diversas surpresas negativas. Por exemplo, se o problema for causado por conta de um erro no cálculo da necessidade de determinado material, como a areia, é necessário comprar mais deste material, o que leva a mais gasto.

Além disso, no exemplo citado da falta de areia, vários procedimentos atrasam, como é o caso da mistura do concreto, o que aumenta o tempo de trabalho da mão de obra. Tudo isso gera um efeito cascata que aumenta o custo da obra como um todo.

5 Atraso de procedimentos e projetos

Uma obra é um evento naturalmente caótico. O trabalho dos profissionais de construção civil, tanto engenheiros e arquitetos quanto operários é o de controlar os efeitos da forma mais eficiente possível, diminuindo o poder do inesperado, que pode levar a inúmeros problemas, como perda da qualidade da obra e atraso de procedimentos.

Dessa maneira, realizando um orçamento correto, você minimiza o atraso de procedimento e projetos, uma vez que a obra contará com materiais e mão de obra para realizar os procedimentos no tempo correto.

Powered by Rock Convert

6 Orçamentos incompatíveis

Ao se fazer um orçamento, é necessário levar em consideração uma série de variáveis e ‘mini-orçamentos’. Por exemplo, é necessário avaliar os custos com mão de obra, com materiais, com licenças ambientais, etc. Dessa maneira, é importante que tudo se encaixe ao final. Quando fazemos isso de forma manual, é muito comum que erremos em algum ponto, seja por descuido, seja por cansaço mental.

Dessa forma, orçamentos feitos de forma automatizada eliminem quase que totalmente estes equívocos, o que torna o orçamento bem fiel a todos os custos levantados, o que otimiza o lucro da obra, assim como sua qualidade.

7 Desejo de participar de licitações públicas

Todas as empresas que desejam participar de licitações públicas devem estar muito bem familiarizadas com orçamentos enxutos e adequados para a construção de obras de engenharia. Somente assim a empresa conseguirá competir com outras empresas de forma igual, mantendo a qualidade da sua obra assim como a reputação da empresa.

Empresas de engenharia que não sabem realizar o orçamento de forma adequada não tem quase nenhuma chance de vencer licitação, uma vez que obras superfaturadas não são atrativas para os pregões e, para obras subfaturadas, é necessário indicar a capacidade da empresa em cumprir o que foi prometido, o que pode levar a empresa a ter prejuízos.

Como a orçafascio pode auxiliá-lo neste processo

Nós da OrçaFascio temos um software especializado em soluções para acompanhamento e orçamento de obra, com amplitude nacional. Apresentamos 18 bases de composição, como SICRO, SINAPI, SBC, entre outros. Tudo é feito de forma automatizada e nós geramos inúmeros relatórios. Além disso, possuímos o OrçaBIM, que facilita a confecção de orçamentos a partir do uso da metodologia BIM.

Sendo assim, otimizar o orçamento da obra a partir do projeto é fundamental para obter melhores resultados de qualidade e de ganhos financeiros, otimizando a margem de erro do seu orçamento e executando uma obra mais coerente com o orçamento planejado. Para isso, é importante contar com profissionais capacitados, assim como instrumentos e softwares para automatizar os processos.

Melhore sua gestão orçamentária

O OrçaFascio é considerado por arquitetos, engenheiros e construtores como o maior e melhor software de orçamento de obras para construção civil. A plataforma congrega ferramentas imprescindíveis para seu orçamento independente de seu tamanho ou complexidade arquitetônica.

incluindo as principais bases de composições nacionais e do seu estado como, SINAPI da Caixa Econômica Federal, SBC e SICRO.

As principais instituições pública e privadas utilizam o OrçaFascio devido à sua praticidade, com interface otimizada para a execução do orçamento 8x mais rápido. Assim, você conquista tempo e evita desperdício financeiro pela eficácia na gestão orçamentária. Experimente grátis o módulo Premium por 7 dias e comprove.

Experimente o modulo PREMIUM grátis por 7 dias

Gostou deste artigo que preparamos para você sobre gestão de fornecedores? Então entre em contato. e adquira já o ORÇAFASCIO.



Gostou do que leu? Então conheça o Orçafascio, software especializado para a criação de orçamentos para as mais diferentes obras!

Compartilhar

Posts relacionados

Posts em destaque

Menu