Tipos de licitação com foco em engenharia civil que sua empresa pode participar

engenharia civil

Conheça as seis modalidades que o setor de engenharia civil pode participar.

Quem busca concorrer em uma licitação pública sabe que inúmeros procedimentos, como documentos em dia e cadastros em sistemas de pregões são necessários para que se possa participar das obras do governo. Os processos licitatórios ganham ainda mais destaque no setor de engenharia civil, sendo a principal área que o governo busca para realizar seus empreendimentos, como construção, manutenção e reforma de prédios públicos, assim como serviços variados que vão desde pavimentações até pequenos acabamentos.

Por isso, a OrçaFascio, software de orçamentos, traz os 6 tipos de licitação com foco em engenharia civil que sua empresa pode participar.

Modalidades de licitação

Todos os tipos de modalidade podem ser concorridos por quem atua na área de engenharia civil – desde engenheiros, arquitetos, técnicos em edificações, até construtoras e incorporadoras. Elas são divididas em, basicamente, seis níveis: leilão, pregão, tomada de preços, convite, concurso e concorrência.

Cada uma conta com um procedimento básico e é específica para determinado tipo de serviço a ser realizado – geralmente categorizadas, também, pelos valores a serem dispendidos por cada uma delas. É importante conhecer cada uma para ver em qual modalidade a sua empresa de engenharia civil se encaixa melhor, contribuindo para vencer os editais apresentados.

Pregão
É a modalidade mais comum para quem busca entrar em processos licitatórios. É divido em presencial, onde há a possibilidade da empresa de engenharia civil apresentar a proposta para a administração pública, e o eletrônico, realizado pelo site do Governo Federal, desde que haja cadastro no SICAF (Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores).

Neste tipo de licitação são apresentados os menores preços, ou seja, quando a empresa executa o serviço de obras de determinado empreendimento com um valor menor que a concorrência. Contudo, é necessário atender todos os requisitos técnicos, e não apenas o menor preço, para vencer este tipo de modalidade.

Para os que estão começando nas licitações, o pregão é a principal forma de empresas de engenharia civil se destacarem em contratos públicos.

Concurso
A forma mais prática de licitação, mas que pode não trazer benefícios financeiros para a empresa. Isto porque o concurso, diferente de outros modelos, é entregue antes mesmo da seleção do vencedor da licitação.

Como? Simples: através de projetos e planejamento entregues por engenheiros, arquitetos e empresas da área para determinado edital. É abrangente, permitindo que vários setores, principalmente de engenharia civil, participem sem a necessidade de nenhum tipo de cadastro.

Quem é especialista em projetos de engenharia utiliza esse tipo de modalidade para ingressar nos contratos públicos. Ainda, sobre a remuneração, é inegociável e pode vir através de incentivos para o profissional ou empresa.

Tomada de preços
Outra forma do setor de engenharia civil participar de licitações é através da tomada de preços. Geralmente com um valor de contratação variando de R$ 150 mil até R$ 1,5 milhão, este tipo de modalidade é dividido em duas etapas para selecionar a empresa: primeiro é analisada a regularidade fiscal e habilitação jurídica, assim como as qualificações técnicas e econômico-financeiras.

Powered by Rock Convert

Posteriormente, a empresa poderá apresentar o valor para concorrer a determinada obra oferecida pelo poder público. A tomada de preços é, massivamente, dominada por construções, por isso pode ser uma ótima opção para empresas de engenharia civil e profissionais do setor.

Concorrência
A concorrência é a modalidade de licitação para grandes obras de engenharia civil, que ultrapassem R$ 1,5 milhão. É a preferida entre grandes empresas do setor, mas também é a mais desafiadora, com editais complexos e cheios de itens.

Não apenas em obras, mas na compra de materiais e serviços, a concorrência abrange inúmeras características em relação aos outros cinco tipos de licitações. Processos licitatórios internacionais, registro de preços, parcerias entre os setores privado e público, concessão de prédios e estruturas do governo, todas estão englobadas na concorrência.

Assim como em outros casos, o cadastro no SICAF é necessário para as empresas que buscam concorrer quando o assunto é licitação através de concorrência.

Convite
O quinto tipo de licitação com foco em engenharia que sua empresa pode participar é o convite. Como o próprio nome diz, a administração pública selecionará algumas empresas através de uma carta-convite, com base nos cadastros das empresas que participam de processos licitatórios.

É considerada a forma mais simples, pois engloba a contratação de serviços de engenharia e obra que cheguem até o valor de R$ 150 mil, sendo ideais para empresas que estão começando agora no processo. Quando recebida a carta-convite, as empresas têm o prazo de um dia (24 horas) para apresentar seu interesse em participar.

Leilão
A última modalidade e, consequentemente, a com menos opções para todo o setor de engenheira civil é o leilão. Isto porque, diferente das outras opções, esse tipo de licitação é apenas para a venda de bens públicos, e não contratação ou execução de serviços pela empresa de engenharia civil.

Contudo, é importante ressaltar que inúmeras organizações da área participam dos leilões por verem preciosos empreendimentos que podem render muito acima do valor vendido pelo órgão público. Vence quem der um lance igual ou maior ao presente no edital, mas que pode variar de acordo com os valores propostos pelos concorrentes. Montantes acima de R$ 650 mil se encaixam no modelo de concorrência, e não no leilão.

Qual o melhor tipo de licitação?
Se você tem uma empresa no setor de engenharia civil e ainda sim está em dúvidas sobre qual é o melhor modelo de licitação, a dica é simples: olhe para seu negócio. Com os seis tipos apresentados, você pode prestar serviços, construir empreendimentos públicos, realizar projetos e até mesmo adquirir imóveis que não tem mais utilidade para a administração.

Com uma assessoria jurídica e consultoria, você pode se informar sobre qual é o melhor tipo de licitação para o perfil da sua empresa. E, para participar de um processo licitatório, tenha o auxílio do software de engenharia da OrçaFascio, que contribui para que seus orçamentos sejam até oito vezes mais rápidos, confiáveis e precisos. Assim, desde seus projetos junto à iniciativa privada, como em licitações públicas, o orçamento deixa de ser uma das suas principais preocupações.

Ainda não usa o Orcafascio.com para elaborar orçamentos de suas obras? Solicite uma demonstração GRÁTIS e ganhe 7 dias para testar.

Fale com um especialista Orcafascio

😁 Gostou? Deixe seus comentários.