Por que a gestão de mão de obra é tão importante para a construção?

Mão de obra

Entenda como o processo gestão de mão de obra pode ser o diferencial na sua obra.

Vai construir? Então gerir bem a equipe é primordial. Confira.

Conheça a importância da gestão de todos os envolvidos no canteiro de obras.

Gestão efetiva e produtividade alta:

entenda os benefícios do acompanhamento dos colaboradores.

Nos dias de hoje a gestão de mão de obra que, de forma resumida pode ser definida como a preocupação com os colaboradores e funcionários, é uma responsabilidade de qualquer empresa que deseja se destacar no seu segmento de atuação. Na construção civil não é diferente: com a volta da demanda após a crise econômica que o país enfrentou, contratar bons profissionais tornou-se requisito primordial para sair na frente.

Contudo, apenas ter uma boa equipe e gestores competentes não cria o melhor dos cenários nas obras. É preciso ter uma gestão de mão de obra eficiente e, sobretudo, focado nos resultados, sem esquecer do papel humano. Pensando nisso a OrçaFascio, software de engenharia para orçamento de obras, traz os motivos que fazem a gestão de mão de obra ser tão importante para a construção.

Pertencimento:

o fator ‘vestir a camisa’

Vale ressaltar: gerir bem os colaboradores é trazer o espírito de equipe e, literalmente, fazê-los vestir a camisa, seja da construtora, incorporadora ou da própria empresa de engenharia. E isso faz com que eles passem a entender seu ofício de uma maneira muito diferente da mão de obra convencional que vemos hoje em dia – onde o funcionário troca sua força de trabalho pelo salário (e benefícios).

Se pensarmos desta forma, começamos errado; gestão de mão de obra é mostrar que o crescimento da empresa, andamento orgânico da obra, atendimento ao prazo de entrega, utilização de equipamentos de segurança que evitem acidentes, colaboração mútua nos setores do canteiro de obras trará benefícios não apenas para quem está construindo, mas todos envolvidos no processo.

Engajar a mão de obra através de uma gestão efetiva irá trazer outro benefício: funcionários de confiança e que estarão com a sua empresa em futuras construções – diminuindo necessidade de treinamento, novos contratos e o risco de uma má qualificação profissional. Desta forma, incentivar os colaboradores a vestir a camisa da empresa é levar todos, sem exceção, a inúmeras conquistas.

Gestão efetiva é obra de qualidade – e menos prejuízos
Já parou para pensar quantos problemas posteriores à entrega do empreendimento poderiam ser evitados se houvesse uma gestão de mão de obra efetiva durante a construção? Quem é da área sabe: trabalhos malfeitos que vão desde a parte hidráulica e elétrica ou o padrão de acabamento muitas vezes são falta de alinhamento da equipe – ou, como apontado, a escassez da gestão de mão de obra.

Quando todos são gerenciados para seguir o projeto, entendem suas funções específicas e aprendem a se comunicar efetivamente, os erros são reduzidos – assim como os prejuízos. Desta forma, é muito mais difícil encontrar erros e imperfeições em relação ao que foi projetado, tornando os processos automáticos e não dando espaço para as famosas ‘gambiarras’.

Todos desempenham seus papeis

Como dito acima, os funcionários irão entender suas funções e, diante disso, não terão que desempenhar funções que não dominam ou fogem da sua alçada. E como a gestão de mão de obra torna isso realidade? Através de uma forma específica e consolidada: a comunicação efetiva, onde todos têm voz.

É possível que os gestores e os cargos à frente do projeto possam receber feedbacks efetivos sobre o que está acontecendo na obra e como melhorar. Quando não há gestão dos operários, estes podem ficar inibidos ou receosos de tecerem comentários que são primordiais para o andamento da obra. Estabelecer uma relação direta com toda a equipe é a expertise das empresas de sucesso.

Os empreendimentos têm sua marca

Um dos maiores desafios das construtoras e incorporadoras, para citar os exemplos mais claros, são empreendimentos, construções e obras que tenham o seu toque, a sua assinatura e a sua marca. Mas, como realizar isso? Um dos principais passos é uma gestão qualificada de mão de obra que irá entender como funciona a dinâmica empresarial.

Projetos arquitetônicos que tragam novos conceitos ou instalação de aparatos tecnológicos e de última geração precisam de profissionais que conheçam bem a proposta – e, se isso não for feita com toda a equipe, do gerente de obras até os funcionários operacionais, muita coisa pode travar e não sair como o planejado. A assinatura de um empreendimento de destaque passa por mão de obra bem gerida.

Eis a questão: quem fará esta gestão?

Antes de tudo é bom frisar: não entenda a contratação (ou reposicionamento) de um profissional como um custo. Pelo contrário: ele será um grande investimento para as suas construções, trazendo frutos em curto, médio e longo prazo. Para acertar na escolha, é preciso ficar atento a algumas características do profissional:

– Boa comunicação e entendimento sobre o processo de gerir um grande número de pessoas;

– Experiência na área de construção civil;

– Conhecimento sobre métodos e maneiras empregados pelos principais concorrentes, incluindo as maiores empresas de sucesso neste segmento;

– Confiança dos gestores para executar tarefas que antes eram delegadas a ele;

– E, muito importante, capacidade de motivação e potencialização produtiva.

Este tipo de profissional pode estar dentro da sua própria empresa. Desta forma, é preciso entender quem já executa esta função e, se preciso, investir numa capacitação complementar para que a taxa de sucesso seja mais rápida e concreta. Caso não consiga encontrar alguém ideal dentro da sua empresa, busque referências no mercado.

Mão de obra também é patrimônio da empresa
Para concluir é importante destacar que passou a época das relações de trabalho com caráter totalmente informal. Atualmente, com a procura incessante por cargos de relevância, principalmente no setor de construção, a rotatividade aumenta e isso pode complicar os processos internos.

Entender a mão de obra da sua construção e gerir com o entendimento de que eles são patrimônio – e responsabilidade – da empresa é mostrar que o crescimento que os funcionários buscam em outros lugares se apresenta para eles no seu canteiro de obras. Por isso, o investimento na gestão destes profissionais é uma caminhada concreta para o sucesso.

Para você fazer esses e outros processos de maneira fácil, rápida e integrada, a OrçaFascio disponibiliza um moderno software de orçamentos para gestão de obras – que inclui o cálculo na contratação de profissionais. Com um banco de dados com quase 69 mil composições, seu orçamento é 8 vezes mais rápido, de forma confiável e precisa.

Ainda não usa o Orcafascio.com para elaborar orçamentos de suas obras? Solicite uma demonstração GRÁTIS e ganhe 7 dias para testar.

Fale com um especialista Orcafascio

😁 Gostou? Deixe seus comentários.