O papel de realidade aumentada na construção civil

O papel de realidade aumentada na construção civil

O papel de realidade aumentada na construção civil, ou virtual, o senso comum nos remete em primeiro lugar à ficção científica. Em um segundo momento o que vem à mente é a utilização deste recurso para o entretenimento. No entanto esta é uma visão reducionista e não exprime todas as possibilidades desta tecnologia. Afinal, esta é uma tendência que vem se tornando muito promissora na construção civil.

Antes vamos a uma pequena contextualização. A esta altura você já deve ter ouvido falar de tecnologias como Oculos Rift e Google Glass. O que talvez ainda seja novidade são os diferentes usos que estas ferramentas vêm encontrando no mercado.

Um dos dispositivos conhecidos para trabalhar a realidade aumentada é o HoloLens, uma criação da Microsoft. O seu uso já se mostra relevante na medicina, por exemplo. Com ele são projetados modelos tridimensionais e realistas do corpo humano que auxiliam no estudo da área.

As empresas que trabalham com softwares voltados para a engenharia civil não deixaram de perceber as oportunidades oferecidas por estes recursos. O próprio HoloLens já foi aproveitado para auxiliar o setor. Vejamos a seguir como funciona esta tecnologia e quais recursos novos ela pode trazer para o seu canteiro de obras.

HoloLens e a Construção Civil

Os softwares que trabalham com o equipamento da Microsoft oferecem interessantes recursos. Dentre eles, os hologramas que podem ser gerados em um espaço real. Nesta combinação é possível visualizar de forma tridimensional e interativa um projeto. Saem de cena as antigas maquetes em escala e entram em cena as representações digitais. E este não é o único recurso disponível.

Podemos dizer que até os próprios operários e engenheiros são beneficiados por esta tecnologia. Uma possibilidade é utilizar a realidade aumentada para verificar a conformidade da obra com o projeto original. Outro procedimento que pode ser experimentado é a colaboração remota em tempo real. Com isto diferentes setores da obra podem visualizar o mesmo modelo da construção e trocarem informações à distância.

E se você pensa que as únicas possibilidades dizem respeito à modelos em 3D, está enganado. Há softwares que também podem carregar documentos bidimensionais no HoloLens. Isto pode evitar o uso de pranchetas e papéis que podem se perder ou ser danificados no canteiro de obras.

Outro recurso interessante que pode ser mencionado é a simulação do comportamento acústico. Mas antes de dar mais exemplos sobre o uso desta tecnologia na construção civil, vamos esclarecer uma dúvida comum. Afinal, realidade aumentada e realidade virtual são a mesma coisa?

Diferença entre realidade aumentada e realidade virtual

Para a grande maioria os dois recursos se tratam da mesma coisa, mas isto não é verdade. Então vamos determinar as principais diferenças entre estas duas tecnologias. Para começar, a realidade virtual tem o poder de criar lugares que não existem no mundo físico. Ou seja, o equipamento permite viver a sensação de se estar em espaços realistas que são criados em computador.

Uma forma de aplicar este conceito no mercado imobiliário é mostrar, por exemplo, um apartamento já construído. Trata-se de uma solução ideal para clientes que compram um imóvel na planta e querem ter uma noção realista do resultado. Contudo, se analisarmos esta técnica a fundo, ela possui um uso mais restrito para as necessidades da construção civil.

A realidade aumentada por sua vez traz maiores possibilidades. Neste recurso é projetada uma nova percepção sobre o mundo real. Ou seja, há uma sobreposição entre os modelos criados em computador e o espaço físico em que vivemos. Esta impressão de que objetos virtuais existem de forma real é o que torna a realidade aumentada tão útil para a construção civil.

Aqui não lidamos com simulação como na realidade virtual e sim com uma sobreposição de informação digital. Já demos alguns exemplos de uso desta tecnologia para obras, mas há ainda mais vantagens que esta ferramenta pode oferecer. Continuemos vendo mais usos e aplicativos que trabalham com este mecanismo.

Como a realidade aumentada pode ser útil para a construção civil

A realidade aumentada pode ter serventia em praticamente todas as etapas da sua obra. Entre as verificações já mencionadas, é possível medir as dimensões de um espaço ou estrutura. Quando se chega ao ponto em que é necessário trabalhar o design de interiores, esta ferramenta também se mostra eficaz. Pois ela ajuda a dimensionar e planejar o mobiliário que será utilizado para o momento de visitação.

Uma opção mais prática e utilizar a realidade aumentada para apresentar aos futuros compradores o apartamento mobiliado. Esta simulação pode ajudar até mesmo a reduzir alguns custos operacionais. Os Modelos de Informação da Construção, ou BIM, também podem ser melhor utilizados desta forma. As possibilidades vão de checar estruturas, fazer ajustes e correções, até melhorar a precisão dos cálculos.

Outra grande vantagem da realidade aumentada é que ela não precisa de equipamentos custosos. Pois mesmo em um Smartphone é possível usufruir deste invento. Hoje há aplicativos disponíveis para Android e iOS que já tratam do recurso. Tanto a sua equipe quanto o usuário final podem ser beneficiados desta forma.

Por conta da natureza interativa desta tecnologia, as aplicações podem até trazer traços de gameficação. Ou então é possível o compartilhamento de experiências entre os usuários. Seja qual for o software escolhido, a verdade é que a execução da construção civil é transformada pela realidade aumentada.

Conclusão

O papel da realidade aumentada na construção civil é bastante vasto. E a tendência é que cada vez mais a tecnologia faça parte do dia-a-dia deste setor. Engenheiros, arquitetos e mesmo operários, precisam começar a se habituar a esta realidade. O consumidor final também será englobado nestes avanços tecnológicos.

De equipamentos mais elaborados, como o HoloLens, até um simples Smartphone, ampliaram-se as ferramentas de que dispõe uma boa obra. A realidade aumentada vem evoluindo de tendência e promessa para uma técnica estabelecida para engenharia, arquitetura e construção.

Ao contrário do senso comum citado no início do texto, você sabe agora que este não é um recurso qualquer. Pois ele vai muito além de um elemento para especulação narrativa na ficção científica. Trata-se de uma inovação que já faz parte da nossa realidade. E que se mostra muito mais do que uma simples tecnologia para entretenimento.

As perspectivas são de que muito da comunicação e do comércio futuro dependerão deste recurso. Portanto estar preparado para esta realidade próxima é uma boa ideia. Neste sentido a construção civil já está bem encaminhada.

Ainda não usa o Orcafascio.com para elaborar orçamentos de suas obras? Solicite uma demonstração GRÁTIS e ganhe 7 dias para testar.

Fale com um especialista Orcafascio

😁 Gostou? Deixe seus comentários.